ATLETAS BRASILEIROS FAZEM HISTÓRIA NOS JOGOS RIO 2016

Por Lais Leon
Disputar as Olimpíadas em seu próprio país é um desafio imenso para qualquer atleta. A responsabilidade aumenta, o medo de frustrar a torcida é maior e o desejo de subir ao pódio fica ainda mais intenso. Os brasileiros, entretanto, têm encarado esse desafio com maturidade e competência, alcançando resultados nunca antes atingidos, entrando, assim, para a história do país.

Modalidades sem muita visibilidade no Brasil, ao longo dessa semana, ganharam um enfoque especial, como é o caso da canoagem e da maratona aquática, devido às conquistas inéditas de seus atletas. Isaquias Queiroz e Poliana Okimoto representaram a nação brasileira com habilidade, alcançando um desfecho surpreendente para o país. 

Foto: Mundo ESPN

Isaquias levou as duas primeiras medalhas (prata e bronze) do Brasil na competição da canoagem e disputará mais uma, neste sábado (20), ao lado de sua dupla Erlon de Souza. Além disso, foi um dos poucos atletas nacionais a ir ao pódio duas vezes na mesma edição de Jogos. A nadadora maratonista Poliana Okimoto também fez história, conquistando, após várias tentativas em outras edições olímpicas, a primeira medalha olímpica (bronze) brasileira na modalidade.
Foto: Social feed

As vitórias não pararam por aí; Diego Hypólito e Arthur Nory mostraram ao mundo o que nunca havia acontecido na ginástica de solo masculina do Brasil: Ocuparam juntos o mesmo pódio, Diego com medalha de prata e Arthur, bronze. Um dia depois, em uma apresentação brilhante, emocionante e inesquecível, Thiago Braz defendeu o Brasil no salto com vara, não apenas levando um ouro histórico para o país, como também batendo recorde olímpico. 

Foto: Kai Pfaffenbach

Por último, o boxe nacional também assistiu à uma cena inédita: Robson Conceição, diretamente da periferia de Salvador, foi campeão olímpico em sua categoria, levando a torcida ao delírio e revelando o seu grande exemplo de insistência e superação. 
O encerramento dos jogos Rio 2016 acontecerá Domingo (21). Até lá, ainda tem muito chão pela frente para os atletas brasileiros. Será que vêm mais conquistas por aí? 

Foto de capa: Ivan Pacheco

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s