NOVA MINISSÉRIE DA REDE GLOBO SERÁ AMBIENTADA NO RECIFE; CONHEÇA “JUSTIÇA”

Por Juan Gouveia

“Justiça”, a nova minissérie da Rede Globo, irá ao ar na próxima segunda-feira (22). A trama é ambientada em Recife. As gravações na capital pernambucana aconteceram entre maio e junho. Contada em vinte capítulos, a minissérie será exibida de segunda a sexta – com exceção das quartas. Escrita por Manuela Dias, “Justiça” contará quatro histórias diferentes que se cruzam em determinado momento, sendo cada dia da semana dedicado a uma delas. O enredo central gira em torno de quatro pessoas que foram presas no mesmo dia, por diferentes motivos, mas após 7 anos presas saíram em busca de justiça.

1
Foto: Reprodução / TV Globo
O fato de ser gravada em Recife trouxe animação para os atores. “Recife era uma área onde nunca tinha filmado e hoje, no Brasil, é o lugar onde o cinema está borbulhando, temos grandes diretores, roteiristas, criadores e atores que saem de Pernambuco. É um lugar muito bacana de estar inserido”, destaca Cauã Reymond que interpretará Maurício. O Teatro de Santa Isabel, o Rio Capibaribe, o restaurante Casa de Banho, o edifício Holiday, a praia do Pina e a casa de suingue em Barra de Jangada são alguns dos cenários pernambucanos onde aconteceram as gravações da minissérie.

Durante a coletiva de imprensa, que aconteceu no Rio no mês passado, os diretores e elenco apresentaram a história para a os jornalistas presentes. O diretor artístico José Luiz Villamarim explica as inovações, “A ideia é fazer do formato um atrativo e não uma dificuldade. A cada dia, a cada cena conjunta que une personagens das quatro tramas, o público vai ganhar um presente: uma mesma situação será vista por vários pontos de vista. E a cada repetição de cena, o público vai perceber algum detalhe novo”, conta Villamarim

Com um elenco estelar, a Rede Globo aposta todas suas fichas na nova produção para a segunda faixa de shows – 23h. Nomes como Adriana Esteves, Mariana Ruy Barbosa, Cauã Reymond, Leandra Leal, Vladimir Brichta, Drica Moraes, Debora Bloch e Marjonie Estiano têm papéis de destaque na trama.  Divida em duas fases, a primeira em 2009 contará como os envolvidos foram parar na cadeia. Na segunda fase, na atualidade, eles buscam por justiça, perdão e união a todo custo. Conheça um pouco mais sobre cada núcleo:

Ciúme. Morte. Vingança.
às Segundas.

2
Foto: Gshow
Isabela de Almeida (Marina Ruy Barbosa) é uma patricinha, linda, fútil que está noiva de Vicente (Jesuíta Barbosa). A relação do casal é abalada com a falência do pai de Vicente, Euclydes (Luiz Carlos Vasconcelos) sócio da empresa GTransporte. Isabela fica estremecida – tinha interesses na fortuna do noivo – e acaba se envolvendo com o seu ex-namorado, Otto, por fraqueza. Vicente flagra os dois aos beijos e mata Isabela com tiros à queima roupa na frente de sua mãe Elisa (Debora Bloch), professora de Direito. Vicente vai preso. Elisa nutre a sede de vingança por sete anos, período que o assassino fica preso. Durante esse tempo ela fez aulas de tiro e conheceu Heitor (Cassiano Gabus Mendes). Vicente sairá da prisão com o desejo de conquistar o perdão de Elisa. Na cadeia, Vicente conhece Regina (Camila Márdila) e se casa com ela. Eles têm uma filha, batizada de Isabela.

Proteção. Injustiça. Família.
às Terças

3
Foto: Estevam Avellar
A empregada doméstica Fátima (Adriana Esteves) trabalha na casa de Elisa e vive uma relação amorosa com seu marido Waldir (Ângelo Antônio) – motorista de ônibus na GTransporte – e seus dois filhos Mayara (Letícia Braga/Julia Dalavia) e Jesus (Bernardo Burruzo/Tobias Carrieres). Tudo vai bem até a chegada de dois vizinhos que muda completamente a sua vida. O policial Douglas (Enrique Diaz), Kellen (Leandra Leal) e o cachorro Furação fazem da vida de Fátima um inferno. O cachorro acaba atacando seu filho, Jesus, perdendo a cabeça, ela mata o animal a tiros. Douglas com a ajuda de Kellen se vingam e plantam drogas na casa da empregada que acaba presa. Após sete anos atrás das grades ela tenta reencontrar sua família e uni-los mais uma vez. Mas as surpresas são grandes. Sua filha Mayara vira prostituta na Sauna Snack Night Club de Kellen e seu marido acaba morto.

Amizade. Drogas. Violência Sexual.
às Quintas.

4
Foto: Estevam Avellar / Globo
Amigas de infância, Rose (Jéssica Ellen) e Débora (Luisa Arraes) foram criadas juntas. A mãe de Rose, Zelita, é emprega na casa Débora e as duas sempre tiveram uma relação de muito companheirismo. Em uma noite de comemoração, Débora e Rose estão se divertindo em um Lual e consumido drogas – compradas no quiosque de Celso (Vladimir Brichta), namorado de Rose.  A polícia chega e Rose, uma das únicas negras na festa, é revistada e incriminada por tráfico de drogas. Sua amiga sai impune dessa história. Rose fica presa por sete anos, saindo da cadeia descobre que sua amiga foi vitima de violência sexual. Juntas, elas vão à busca do estuprador. Débora quer fazer justiça com as próprias mãos.

Amor. Eutanásia. Justiça.
às Sextas

5
Foto: Globo/Estevam Avellar
O contador Maurício (Cauã Reymond) e a bailarina Beatriz (Marjonie Estiano) são casados. A vida do casal tem uma reviravolta quando Beatriz é atropelada por Antenor (Antonio Calloni). Ele é um político vigarista que usa a mulher Vânia (Drica Moraes) como “laranja” nos seus planos. Aplicou um golpe em seu sócio Euclydes, que o deixou pobre. Mas Antenor tornou-se rico e saiu do país para fugir das acusações e da culpa do acidente, no qual não prestou assistência a vitima. Lucy (Fernanda Vianna), mãe de Débora, é uma jornalista que investiga crimes na empresa GTransporte, de Antenor e Euclydes, e as façanhas politicas. Ela tem uma sede em descobrir a verdade por trás de Antenor.

Após o acidente, Beatriz descobre que ficou tetraplégica. Inconformada com a situação, ela implora para que seu marido faça eutanásia nela. Por ser considerado crime no Brasil, Maurício acaba preso por sete anos. Quando sai da cadeia, ele quer a todo custo fazer justiça com suas próprias mãos contra Antenor. Ele arquiteta um plano de vingança contra o empresário e político.

Durante a sua exibição a minissérie fará uma reflexão sobre o que é justo ou não. Vingança, perdão e arrependimento serão alguns temas abordados. Com histórias empolgantes e uma trama interligada, “Justiça” apresenta características de um grande sucesso. A direção é de Luisa Lima, Walter Carvalho, Isabella Teixeira e Marcus Figueiredo. Texto com colaboração de Mariana Mesquita, Lucas Paraizo e Roberto Vitorino.

Foto de capa: Reprodução / TV Globo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s